COMO VIRAR A CHAVE para uma vida saudável

Essa é uma das perguntas que mais recebo no consultório e no insta. Será que esse “virar a chave” é realmente um ponto de partida? Para algumas pessoas essa procura pela tal chave é apenas mais um motivo para simplesmente manter os velhos hábitos por mais um tempo. Enquanto sofre procurando a chave rsrsr

Talvez de tanto procurar a tal chave ela apareça…. na forma de uma doença.

Eu sei que é assustador pensar dessa forma, pensar que você pode atrair um susto que faça acontecer a sensação de virar a chave e mudar hábitos drasticamente. Ao mesmo, quantas pessoas você conhece que mudaram de hábitos drasticamente por vontade própria, sem exames ou algum diagnóstico assustador? Eu conheço poucas. Para a maior parte das pessoas a mudança de hábitos é a construção de um caminho, um passo de cada vez, na forma de pequenas mudanças. Gradativamente.

A tal chave está dentro de você, ela tem nome e sobrenome, Decidir de Comprometer. E a partir dessa decisão de se comprometer, definir os pequenos passos, reconhecendo o que é possível para cada dia, cada semana, cada fase do seu ciclo menstrual (sim, isso também).  E fazer. Com disciplina. Persistência mesmo quando falta a vontade. Adaptações de acordo com o que faz sentido. E a partir das adaptações cumprir com as promessas que faz para você celebrando as pequenas vitórias pois são essas pequenas vitórias que servem como combustível para o empilhamento de vitórias. E assim alcançar os seus parâmetros e “vida saudável”, na sua régua, o seu equilíbrio.

 

Você pode começar colocando no papel o que considera uma “Vida saudável”, quais comportamentos você tem como ideais….e como pode começar cada um deles em pequenos passos. Para então começar com uma pequena nova ação a cada semana.

 

Qual vai ser a dessa semana?

 

Beijos mil, Karelin Cavallari